IT Forum 365
geolocalização

Geolocalização impacta diretamente os resultados das empresas

Aliada ao big data, ferramenta auxilia na realização de investimentos mais certeiros; no varejo permite a criação de ações baseadas no perfil do público de determinada região

Fazer o mapeamento da mobilidade da população nunca foi uma tarefa fácil. Até pouco tempo atrás, a pesquisa era feita por meio de questionários que nem sempre mostravam a realidade. Porém, com o surgimento da inteligência geográfica, ou seja, análise detalhada de mercado de cada região, o cenário mudou. O avanço de ferramentas de big data e geolocalização facilitou não apenas a identificação das características demográficas dos locais, mas também das principais rotas usadas pelas pessoas, dos horários de pico e de outras informações cruciais para investimentos urbanos.

Assim, ficou mais fácil identificar as oportunidades locais – é possível, por exemplo, fazer um planejamento estratégico analisando informações como tipo de estabelecimento comercial, pontos de interesse e, até, zonas de risco. “Todas as cidades com mais de 50 mil habitantes estão mapeadas pela Oi”, explica Marcio Nogueira, especialista de produtos de negócios corporativo da empresa, ressaltando que dados de cerca de 45 milhões de domicílios e estabelecimentos podem ser encontrados nos Mapas da Oi. De maneira prática, os serviços de geolocalização, aliados ao big data, podem ser aplicados em diversas áreas e possibilitam que as mudanças sejam realizadas e acompanhadas em tempo real.  

Na prática

No varejo, por exemplo, os serviços permitem que as companhias analisem um local para abertura de um ponto comercial e tenham acesso a dados demográficos e socioeconômicos, além de informações sobre o perfil das pessoas da região e a presença de concorrentes no mesmo local. Isso auxilia na realização de campanhas mais direcionadas ao público-alvo e na oferta de serviços ou produtos mais aderentes às necessidades das pessoas.

Além disso, os aplicativos de geolocalização podem ser usados como uma ferramenta de produtividade e melhoria do serviço prestado, já que a empresa consegue estimar com maior precisão os horários de entrega e possíveis desvios de rotas, e antecipar as produções em dias de trânsito ruim. O uso de informações de geolocalização aliado à ferramentas analíticas é um passo da transformação de cidades rumo à digitalização da sociedade.

Saiba mais:
Transformação digital no varejo: 5 tecnologias cruciais
Adoção de cloud será maciça até 2020; veja como elaborar uma estratégia efetiva
Uso de big data é crucial para evolução das cidades inteligentes

Imagem: depositphotos

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2016 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.